Quem lê / Who's reading

"a escrita é a minha primeira morada de silêncio" |Al Berto

sexta-feira, 30 de março de 2012

Mergulho / Diving

Mergulho no mar, aturdida pela imensidão, seduzida pela força das ondas.
A primeira sensação que me assalta é a de frio, a água parece gelada, faz a minha pele estremecer.
Mas fico, procuro a liberdade de deslizar pela água, de me misturar nela, de me perder no horizonte…
Já não sinto frio, também não sinto calor, não me sinto mulher, nem criatura marinha, esqueci-me de tudo.
Volto a ter consciência de mim. Talvez tenha percorrido quilómetros, não sei. Regresso à superfície, em busca de respirar. E encontro-te. Posso agora mergulhar nos teus olhos. Flutuo nos teus braços, consigo ouvir a melodia das ondas onde me afoguei. As ondas que me trouxeram aqui.


09.Março.2012, algures no mar, contigo


Rafal Milach from the series '7 Rooms'
I dive in the sea, astounded by the huge ocean, seduced by the strength of the waves.
The first feeling that comes is cold, the water seems icy, makes my skin shake.
But I stay, looking for the freedom of slidding trought the water, get mixed with it, loosing myself in the horizon…
I don’t feel cold anymore, don’t feel heath either, I don’t feel like a woman, nor as sea creature, I forgot everything.
I regain conscience of myself. Maybe I have wandered for miles, I don’t know.
I return to the surface, looking for breathing. And I find you. Now I can dive in your eyes. Floating in your arms, I can ear the song of the waves I’ve drown myself into. The waves which brought me here.


09.March.2012, somewhere in the sea, with you

18 comentários:

  1. As sensações do mergulho são mesmo essas.
    As da saída é que nem sempre...
    Belíssimo texto, gostei muito.
    Isa, querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando se mergulha de cabeça, por vezes têm-se surpresas na saída... ;)

      Eliminar
  2. sensação de liberdade e surpresa.

    bonito texto com uma foto muito bem escolhida

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a sorte de por vezes descobrir fotos que dizem tanto como um texto ;)

      Eliminar
  3. Tal como mergulhar nas águas frias e turbulentas, assim é no dia a dia, primeiro a medo caminhamos no incerto, mas pouco depois sabemos como lidar com o ambiente que nos envolve...
    Gostei.

    ResponderEliminar
  4. Também Sophia amava o mar...e eu também.
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Uma bonita metáfora da vida, Isa.

    Nem todo mergulho vale a pena, pois o mar pode ser bem traiçoeiro.

    beijo.

    ResponderEliminar
  6. Minha querida

    Um texto IMENSO...como o mar que tento fascina os poetas.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É irresistível escrever sobre o mar... :)

      Eliminar
  7. Seguir a corrente do mar leva-nos sempre a bom porto.
    Muito bonito este texto...

    Beijinhos e boa Pascoa

    ResponderEliminar
  8. É tão bom quando voltamos a ter consciencia de nós mesmos, não é? Isso aconteceu comigo há pouco tempo. Me reinventei a partir disso.
    bacio

    ResponderEliminar
  9. O mar e o amor subjugam-nos.

    Boa Páscoa!

    Bjs

    ResponderEliminar
  10. há naufrágios assim, que salvam
    beijinho

    ResponderEliminar
  11. o mar agitado
    sacoleja segredos
    desmancha a praia


    lindo1 glaciais emoções

    ResponderEliminar

Um espaço para recortes que completem o álbum de instantâneos... Obrigada pela visita!
A space for clip to complete this snapshot album... Thank you for your visit!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares / Popular messages