Quem lê / Who's reading

"a escrita é a minha primeira morada de silêncio" |Al Berto

Para os amigos

Este é um espaço (em construção) para os meus amigos da blogoesfera. 

Obrigada por trazerem cor aos meus Instantâneos.


~*~*~


Foto by Isa Lisboa, para a Piedade

Da maresia

Da maresia
Vêm poemas
Como as gotas de água matinal
Nos refrescam a pele
As palavras nos refrescam a alma.

Falem do entardecer
Ou do luar
Ou ainda da noite sem estrelas
Seus versos manhãs
Refrescantes
De maresia.



Para a Piedade

~*~*~



Foto by Isa Lisboa, para a Dulce
Doux poétresse
Bálsamo seus poemas
As rose blossom

 Para a Dulce


~*~*~


Foto by Isa Lisboa, para o Nuno


À flor da pele

Quente ou frio
Lágrima ou riso
Urgência ou calma
Grito ou silêncio
Com ou sem bússola;

Quer gele ou aconchegue
Quer seja dor ou suave bálsamo
Destino ou apeadeiro;

Que não nos esqueçamos
De que nascemos
Para ser únicos
Para sentir
À flor da pele
Até ao fundo da alma.

                                                                                                     Para o Nuno



~*~*~

Foto by Isa Lisboa, para a Fátima

Primaveras

Da Primavera
Tu és
Não porque te viu nascer;
Antes pela cor,
Alegria,
Por seres suave calor.
Mesmo quando é Inverno,
Pela vida
Que ao mundo trazes.

Para a Fátima



~*~*~


Tempo, by Isa Lisboa, para a Maria João
Teoria do Caos

O relógio sem horas
Avisou
Bate as asas, borboleta!
E logo,
Do outro lado do mundo
Casa de poemas
Se ergueu.
Do Caos;
Caótica apenas a Teoria
Bela
A poesia.

Para a Maria João

~*~*~


Imagem: Google

Senhora das corujas

Numa noite silenciosa
Ouve-se um som
Que interrompe os pensamentos
Mas que me transporta
Não no tempo:
No espaço.
Leva-me ao outro lado
Deste nosso oceano,
A abraçar
A senhora das corujas.
Voa, ave sábia
Leva contigo estes versos
A uma amiga
Que na distância
Escreve belas poesias
E me enche a alma.

Para a Claudiane


~*~*~ 





Era uma vez

Era uma vez uma contadora de histórias que veio do mar. Trouxe um peixe, uma anémona, uma tartaruga sábia e um homem que viajava num barco. E o homem viajava acompanhado do peixe, da anémona e da tartaruga. E por isso a senhora escreveu uma história sobre eles, e sobre as suas aventuras no mar e de como chegaram a terra. E depois pintou-os numa aguarela. Para sempre os guardar, com o seu olhar de quem tem o mar ao fundo.
E depois continuou a caminhar para terra, e encontrou uma raposa, um urso, um cão e um mocho. E levou-os a todos com ela e escreveu ainda outra história. E de novo pegou nos pincéis, para pintar agora a terra.
E ela, e o peixe, a anémona, a tartaruga, o homem, a raposa, o urso, o cão e o mocho cá andam a colher histórias para outras aguarelas, histórias que são de tantos lugares, mas que têm sempre mar ao fundo!


Para a Manuela


~*~*~ 

Presente da Paula e da Alexandra

Caixinha de música

A minha caixinha de música
Tem um som
Que só eu sei
Posso apenas fechar os olhos
E parar a ouvi-lo;
Posso ainda,
E se quiser,
Dançar nos braços dele;
Ou apenas num abraço
Me deixar ficar.

A minha caixinha de música
Não tem apenas um som
Tem também um dom
Oferecido
E inestimável;
Foi-me dado embrulhado
Em papel que dizia alegria,
E que pérola preciosa
Envolvia.
Pois se não é
Um dos melhores presentes
Esse momento
Em que nos oferecem
Amizade.

Para a Paula e para a Alexandra


~*~*~ 


Anjo

Anjo Crescido
Puxa as asas; Vê-se:
Anjo Traquina

Para  o Sílvio

12 comentários:

  1. eu estrangulo uma gota rebelde que se forma e cai (chamam-lhe lágrima)
    eu podia escrever muita coisa.
    mas escrevo apenas uma.
    obrigada!

    :)

    ResponderEliminar
  2. Uma lindíssima dedicatória/homenagem, que aplaudo, de pé!

    ResponderEliminar
  3. Isa!
    Que delícia!
    Nos três idiomas que pratico, em 5-7-5 e uma maravilhosa surpresa!
    Muito, muito obrigada!
    Um grande beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Ainda bem que gostaste deste haicai. Beijinho

      Eliminar
  4. deambulando por aqui.....

    fico sempre emocionada....

    :)

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Adorei, são estes os gestos que me deixam com sorrisos na alma e sem Caos,
    adorei o poema, o gesto, a palavra(s)
    (borboleta, bate asas...)
    Nesta poesia o tempo parou,

    Obrigada, Beijinhos grandes :-) :-)

    ResponderEliminar
  7. Isa, quem é que não gosta de carinho, colo, abraço, cumplicidade..?
    Quando o universo coloca em nossas vidas pessoas como você, a distância não é nada . Obrigada pela corujice.
    Seus escritos também falam muito a minha alma.
    Bjs no seu coração.

    ResponderEliminar
  8. para si, Isa

    uma estrela do mar!


    muito obrigada

    um beijinho

    mb

    ResponderEliminar
  9. Parabéns pela linda homenagem aos amigos artistas,
    Um abraço

    ResponderEliminar

Um espaço para recortes que completem o álbum de instantâneos... Obrigada pela visita!
A space for clip to complete this snapshot album... Thank you for your visit!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares / Popular messages