Quem lê / Who's reading

"a escrita é a minha primeira morada de silêncio" |Al Berto

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Como uma garra / Like a claw

snow_leaf_oneleaf_tEdGuY49

As lágrimas secaram.
Acabaram.
Não correm mais.
Não há vestígios da água que correu.

Mas o sal ficou.
Colado à pele.
Cristalizado.
Como uma garra.
Presa.

Que arranha.

.-.-.-.-.-.-.

The tears have dried.
Over.
There are no more.
There is no trace of the water that ran.

But the salt remained.
Stuck to the skin.
Crystallized.
Like a claw.
Glued.

Scratching.

6 comentários:

  1. o macio virá depois

    como seda


    um abraço, Isa

    ResponderEliminar
  2. Por um lado ultrapassa-se, por outro ficam as marcas.
    Gosto!

    ResponderEliminar
  3. seca as lágrimas.
    e mostra o teu sorriso
    sempre
    porque é tão bonito!

    ;)

    ResponderEliminar
  4. Eu cortava essas garras assim que pudesse!
    Bj**

    ResponderEliminar

  5. O tempo deixa sempre as lembranças.

    podemos passar por cima delas, mas continuam lá...


    beijinhos!

    ResponderEliminar

Um espaço para recortes que completem o álbum de instantâneos... Obrigada pela visita!
A space for clip to complete this snapshot album... Thank you for your visit!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares / Popular messages